Imagem capa - A Flor de Maurício - Backup, muito backup por Guilherme Pimenta
História da Foto

A Flor de Maurício - Backup, muito backup

Era maio de 2014, Lua de Mel nas Ilhas Maurício. Um Resort incrível, lindo, super preparado para o turismo e cheio de paisagens lindas para fotografar. Claro que foram muitas, muitas, muitas fotos!


Praias, paisagens, shows, pôr do sol... tudo era lindo! 


Estava andando pelo hotel, no final da tarde, quando passando pelo meio de várias árvores, reparei que o sol estava se pondo, lindamente, e um raio de sol, iluminava uma flor, por trás, fazendo um contorno nela, simplesmente maravilhoso! Era um Jasmin rosa, com esse. Estava perfeitamente aberto, rosa escuro, quase vermelho. Era o melhor momento da Golden Hour, tudo dourado, perfeito, e eu estava com a câmera na mão!


Claro que parei e fiquei olhando, procurando o melhor ângulo, fazendo alguns cliques para encontrar o ajuste perfeito. Minha mulher, já acostumada com as paradas repentinas para fotos improváveis, ficou ali, esperando pra ver o que ia sair daquilo. 


Fiz alguns cliques e já na câmera eu tinha certeza que tinha feito umas das fotos de flor mais bonitas da minha vida! Ficou realmente sensacional! Eu adorei o enquadramento as luzes, as sombras, as cores, tudo ficou incrível! 


Pois bem, foram mais de 1000 fotos em uma semana! Voltei, selecionei, editei fiz backup em um HD externo e pronto. Na época, em 2014, eu não tinha site, colocava alguns coisas no Flickr, Facebook e só. A foto da flor nunca foi postada. Sei lá porquê! Imaginava fazer um lindo quadro, colocar na parede da sala da casa nova! Nunca fiz! 


Meses depois, a Lei de Murphy veio com tudo esfregar na minha cara como eu tinha sido imprudente e nem havia percebido! Eu tinha as fotos no meu computador e tinha uma cópia de segurança em um HD Externo! Tô tranquilo! So que não!


Um dia, enquanto estava na academia, dentro de um shopping, meu carro foi arrombado e levaram meu computador! Essa é outra história que vale a pena ser contada, outra hora. Resumindo: Eu tinha um programa que rastreava o computador. Eu consegui rastrear e recuperá-lo. Mas quando peguei de volta e liguei, o sistema de segurança dele o formatou! 


Eu nem estava preocupado e pra falar a verdade, nem estava lembrando que as fotos da Lua de Mel estavam lá. Afinal, eu tinha um backup de tudo no HD. 


Aí que veio o golpe de misericórdia! Na mesma época, o vídeo do meu casamento ficou pronto! O cara da edição me pediu um HD com uns 2GB de espaço para gravar o arquivo. Ok, sem problemas, o meu tinha mais de 100GB livre. Eu não pude ir e minha mulher levou o HD pra ele. Quando ela chegou, abri o HD para ver o vídeo e... O cara, simplesmente tinha formatado o HD sem perguntar se podia! Sim, ele apagou tudo porque ele achou que tudo bem! 


Foi uma sensação de vazio indescritível, todas as fotos, da câmera, de 2014, tinham indo embora, pra sempre! Claro, a foto de flor mais bonita que eu já tinha feito na vida, foi embora também! Sem nunca ter sido publicada e nem impressa! 


Foram muitas lições que eu tirei de tudo isso, mas o mais importante é que não importa se eu tenho ou não aquela imagem, mas eu vivi aquele momento intensamente, eu registrei, e da minha memória ela não vai sair tão cedo!



Panorâmica da praia do Resort feita com um iPhone 5